In Criança Amaldiçoada Cursed Child Destaques Harry Potter Harry Potter e a Criança Amaldiçoada Livro Peça de teatro Resenha

Resenha - Novo Livro de Harry Potter




 ​Crédito: Reprodução/ Animagos.com.br


Oitava história, dezenove anos depois.

Depois de nove anos do lançamento de seu último livro, Harry Potter ganha mais uma sequência com o livro/roteiro de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada.

O roteiro traz a história do menino Albus Potter e sua trajetória quando vai para a escola de magia e bruxaria de Hogwarts. Como filho do meio de Harry e Gina Potter, ele sente uma certa pressão quando vai para a escola pela primeira vez - com medo de não manter o padrão da família e não ser tão extraordinário quanto seus pais. E por ter essas inseguranças ele se torna melhor amigo do Scorpius Malfoy logo de cara, que carrega um fardo enorme nas costas por conta de boatos sobre seu nascimento.
Os anos passam e as coisas estão indo de mal à pior até que a família recebe a visita de Amos Diggory.
Amos, pai de Cedrico (que morreu lá no quarto livro, caso você não lembre dele), faz a visita para fazer um pedido a Harry: que ele volte no tempo com a ajuda do vira tempo do ministério (onde trabalha) para salvar seu filho na noite que foi assassinado.
Já que Harry nega cumprir o "favor", Albus decide tomar a frente para salvar Cedrico com suas próprias mãos, procurando ser tão brilhante quanto o pai um dia foi!

Lendo a história, há de ter sempre em mente que ela foi feita com o intuito de ser roteiro de ensaio de uma peça. As cenas acontecem com maior rapidez por terem pouquíssimos elementos de narrativa (quase nenhum na verdade) e isso a distancia do “padrão Harry Potter” mas, esse não foi meu maior problema. As únicas coisas que realmente me incomodaram foram a falta de explicação para alguns acontecimentos e a mudança de personalidade repentina de alguns personagens. Aconteceu do nada, não explicaram porque ou como - simplesmente aconteceu e como todo mundo sabe, em Harry Potter as coisas não simplesmente acontecem. Tudo tem sua explicação e seu devido lugar de importância na obra. É desapontador ver como as coisas aconteceram nesse livro.

PS:
Assim que eu terminei de ler o livro, eu fiz uma listinha com alguns comentários tanto positivos quanto negativos (mais negativos, não vou mentir) sobre todo o enredo:

MUITO SPOILER
SÉRIO
TEM MUITO SPOILER
NÃO LEIA SE VOCÊ QUER LER O LIVRO SEM SABER NADA :))
EU AVISEI LÁ VAI:

Negativos:

  • James Sirius e Lily Luna quase não aparecem, queria ter visto mais eles.
  •  Ron parece figurante. Não é o Ron dos livros que realmente tinha um valor e uma importância. Fizeram dele um personagem super descartável e desnecessário, se eu não o conhecesse dos outros livros, provavelmente não gostaria dele.
  •  Harry nunca diria que não queria que o Albus fosse filho dele para o mesmo. Ele nunca diria isso pra ninguém, porque não é verdade.
  •  A Rose é muito insuportável. Amei que fizeram uma personagem feminina super forte e confiante mas, o que acontece com a Rose é que ela passa de confiante para metida e isso acabou me decepcionando um pouquinho.
  •  O Voldemort ter tido uma filha com a Bellatrix, por mais que tenha sido o motivo de toda essa confusão, na minha opinião foi super desnecessário. Não faz o mínimo sentido e eles nem se esforçaram no final pra dar uma explicação compreensível.

Positvos:

  •  Entendo completamente o Albus ter feito o que fez, ter raiva do Harry e querer ser diferente por conta própria (porque é realmente difícil viver na sombra de outras pessoas. Ele nunca era visto como ele mesmo e sim como “o filho do Harry Potter que foi parar na sonserina e não é bom no quadribol e bla bla bla”). Gostei muito da personalidade dele.
  •  Albus e Scorpius são os melhores personagens, adorei muito a amizade.
  •  Essa coisa de existir dois viratempos é bem confuso; parece que estão desmentindo o que deixaram bem enfatizado uma vez. Mas eu adorei o enredo ser baseado em viagem no tempo, é muito divertido.
  • A descrição da morte dos Potter e do Hagrid indo buscar o Harry é maravilhosa. Amei muito e é super emocionante. A única coisa que vacilou foi em não mostrar o Sirius, sendo que ele é descrito em Pedra Filosofal, quando tentou buscar o Harry em Godrics Hollow depois do atentado dos Potter.
  • Hagrid (emoji de coração).




Artigos Relacionados

1 comentários: